segunda-feira, 6 de maio de 2013

Clube de leitura " Ler com todos"

Outro ótimo encontro! Bolos e chá ajudaram a entrar no clima literário. Cada um apresentou sua abordagem da obra O velho que lia romances de amor, alguns dos aspetos focados foram:

O desaparecimento, na nossa opinião, precoce do dentista Rubicundo Loachamín, logo nos primeiros capítulos, uma personagem fascinante.


As aventuras e emoções do velho Bolívar Proaño, um homem que só nos romances de amor encontra o refúgio face à barbárie humana.

O facto de não ter saído da floresta amazónica e viajar através dos livros, salientámos, a título de exemplo, o seu fascinio pela descrição da cidade de Veneza.


A linguagem realista, quase jornalística, que expressa elevado grau de visualismo nas descrições das paisagens amazónicas e nos gestos e expressões das suas personagens. Sepúlveda consegue criar no leitor, a ilusão de ser um espectador que assiste a um espetáculo ou a sensação de estar diante de um quadro. O autor prima pelas descrições da selva amazónica e pelos episódios onde mostra os conhecimentos e sabedoria dos indígenas.


O próximo encontro será em junho.


O livro selecionado foi:


O carteiro de Pablo Neruda


Boa leitura para todos nós!





Sem comentários:

Publicar um comentário